Seguidores

LIVRO DO MÊS







Join us for.jpg

A Menina que tinha Dons


A menina que tinha dons é uma obra feita pelo mesmo roteirista de X-Men e Hellblazer, então, podemos dizer que as expectativas quanto ao enredo e a história são, no mínimo, grandes.
Logo no começo nos deparamos com uma história repleta de crianças num lugar que, até então, é bem diferente do que costumamos imaginar. Nos primeiros capítulos, a rotina dos personagens é metodicamente descrita e milhares de perguntas surgem em nossas mentes. “O que as crianças fazem ali?” “ Para que serve esse lugar?” “Qual o sentido dessa rotina?” Essas, entre outras, são algumas das coisas que pensamos.
Até a metade do livro, ainda estamos rodeados de perguntas mas, quando a história dá uma reviravolta inimaginável, 90% vai embora, nos deixando apenas com a ansiedade de ler cada vez mais.
Seguindo em frente, nos deparamos com um ambiente hostil, onde ninguém confia em ninguém, e alguns estão apenas preocupados com o próprio umbigo. E, apesar das reviravoltas que a história dá, a confiança entre alguns personagens ainda é pouca. Isso provoca uma série de acontecimentos desastrosos quando, por medo, um foge, e por ganância, outro rouba o único meio terrestre disponível, o ambiente fica tenso e exige medidas desesperadas dos que restaram. Em busca de um abrigo, os personagens ficam no único lugar considerado “seguro” e acabam se tornando alvos fáceis.


Chegamos, assim, ao fim do livro, quando sem nem perceber, nós tivemos todas as nossas dúvidas supridas, todas as expectativas superadas e um final emocionante que te faz pensar se seria possível um final de história tão bom quanto.

Recomendação: Apesar do livro ser muito bom e inovador, existem alguns palavrões e algumas referências ao ato sexual ( bem pouco e de forma bem sútil). Por isso, acredito que esse livro não seja indicado para menores de 12 anos.

Confira o Book Trailer:





Rocco Editora

M.R.Carey
Ficção
★★★★★


0 comentários:

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.