[RESENHA] Propósito

Título: Propósito - A coragem de ser quem somos

Autor: Sri Prem Baba
★★★★★

Gênero: Autoajuda

Editora: Sextante

Páginas: 127

ISBN: 9788543104508








Sinopse:

Neste livro, Sri Prem Baba expande o diálogo amoroso a que sempre se propôs, abordando temas que têm a ver com os anseios mais íntimos do ser humano.

Aqui o leitor vai vislumbrar o horizonte de um trajeto precioso que o levará ao interior de si mesmo. Quando chegar ao seu destino, encontrará o Propósito de sua existência. Essa viagem será vigorosa, transformadora e única, mas poderá ser realizada com serenidade.



O Autor: (Informação do livro)

Sri Prem Baba nasceu em São Paulo. Estudou Psicologia e Yoga. Tornou-se discípulo do mestre Sri Sachcha Baba Maharaj Ji, da linhagem indiana Sachcha. Como líder humanitário e mestre espiritual, fundou o movimento global Awaken Love com o propósito de restabelecer e elevar os valores humanos para despertar a consciência amorosa. Ele divide o tempo entre o Brasil e a Índia, onde ministra cursos, oferece palestras e retiros. É autor de Transformando o sofrimento em alegria e Amar e ser livre: as bases para uma nova sociedade. É também autor das mensagens de sabedoria que chama de ''Flor do dia'' distribuídas diariamente para milhares de pessoas e traduzidas para vários idiomas. 



A Resenha: 

Um livro que me cativou muito do início ao fim, trazendo um discurso objetivo e claro sobre questionamentos e reflexões em relação a nós mesmos e as nossas perspectivas de vida, nos ajuda a entender como certas coisas funcionam em nossas mentes e como lidamos com elas e nos ensina novas formas de lidar com os problemas, medos, receios, inseguranças, etc.

Tenho um imenso carinho por este livro, o li quando estava numa fase ruim e ele me ajudou imensamente me trazendo novos caminhos, tudo ficou mais fácil, leve e tranquilo, foi como tirar um peso das costas, então se você está num momento ruim em que se depara com absolutamente nenhuma perspectiva sobre quem é ou o que sua vida representa pra você, recomendo essa leitura sempre.

Ao fim da leitura, ele proporciona alguns artifícios chamados ''chaves práticas'' para que você aplique elas em sua vida e adquira autoconhecimento, uma delas é olhar no espelho todos os dias e dizer pra si mesmo coisas que você quer, deseja e que você consegue fazer, algumas são parecidas, outras não, mas elas são extremamente úteis e nos fazem crescer como ser humano e cidadão.

A obra é de extrema utilidade, tanto pessoal quanto social e cultural, recomendo a todos, leitura profunda e reflexiva, faz bem ao corpo e a mente. 

Por: Renan Santos


[RESENHA] Ares - Um Boxeador Mafioso


Autora: Sophia Portella - @SophiaPortella
Link: https://www.wattpad.com/story/106902331-ares-um-boxeador-mafioso
Book Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=hrCHW-ZkvsM


                                                                História

  A vida de Chloe Novaes era tranquila, alguns pequenos problemas ali e aqui, mas nada impossível de resolver. Dava aulas em uma escola simples e a família sempre a apoiava, mesmo depois de perder os pais em um misterioso acidente, ela tentou superar tudo, para não deixar que isso afetasse sua vida.

     Até que um dia uma misteriosa carta chega mudando tudo... sua casa, a única herança que tinha de seus pais, não era sua. Ela pertencia a Ares Bellator, um famoso boxeador russo e CEO da maior academia de artes marciais de Nova York, e claro, nas horas vagas, chefe da máfia Bratva.

     O que Chloe não sabe é que essa misteriosa carta era apenas uma forma de Bellator se aproximar dela, para assim, ter êxito em sua vingança.

     Ele é arrogante e prepotente, um vingador sem piedade. 
     E ela poderia ser sua esperança.







                             
                                                                    Resenha


  Mais um romance pra conta!

Bem recentemente encontrei esse romance muito interessante pra ler. Fiquei curiosa na verdade e comecei a lê-lo e me chamou a atenção. Perfeito! Foi a palavra que veio em minha mente. Quem aqui não gosta de romances literários? Acho que todos ou quase todo mundo.

Bom é um romance não muito comum de se ver, pois é relacionado, não sei se seria "spoiler" dizer, mas em minha opinião sobre a leitura; seria mafioso demais. rsrsrs... pois é, é engraçado tentar imaginar essa história, mas ela vai além de romance e sim também de mistérios familiares, vingança e esperança.






                                                                           











[DIVULGAÇÃO] Vento das Pedras


Hey pessoal, como estão?

Faz tempo que não trago nenhuma divulgação, não é mesmo? Por isso hoje eu venho até você com uma obra nacional muito interessante: “Vento das Pedras

Imagem: Reprodução/ Internet

 
Sinopse

Três amigos passam as férias em Vento das Pedras. Os acontecimentos descritos na estória exigem dos protagonistas uma doação de suas vidas. Os personagens estão imbuídos num lugar fictício, repleto de beleza e sedução, onde as ações os envolvem de modo especial.
A cada capítulo, as novidades apresentadas na trama nos fazem transportar para um universo especial tornando capaz o estímulo de nossos desejos mais íntimos.

A AUTORA

Imagem: Reprodução/Internet
Julia Mascaro nasceu em São Paulo, no ano de 1968. Morou na Vila Mariana até os dois anos de idade e depois foi para o Jaguaré. No momento, reside no Jardim Guadalupe (Osasco). Iniciou carreira como atriz no teatro profissional e começou a compor em 1996. Compôs músicas Brasileiras populares (folclore, rock, blues…).
Participou por cinco anos de uma banda mais voltada ao rock, chamada Compulsão Sonora. Na parte literária admira Clarice Lispector, Kafka, Oswald de Andrade, Cecília Meireles e Vinícius de Moraes. A relação com literatura surgiu na Escola de Aplicação da USP onde aprendeu a amar os livros. Está sempre lendo alguma coisa.


[Resenha] Trono de Sangue

Pergunta: Alguém gosta de ler história medieval?


                                                       

Trailer: https://vimeo.com/168288172
Autora: @RochaLP
Link: https://www.wattpad.com/story/63199184-trono-de-sangue

1º Lugar nas Olímpiadas Literárias promovida pelo @DesafioEmLetras

História: (Fiction)

  Em uma época regada de sangue e dor, grandes impérios batalhavam entre si em busca do poder. Depois de muito sangue jorrado, um acordo de paz é feito e a união do Ílac e Medroc é selada através de um compromisso, o casamento de seus herdeiros.
   Mas o que acontece quando há muito mais nessa história além de um matrimônio convencional? O que fazer quando você descobre que muitas artimanhas foram realizadas e que a paz talvez esteja realmente longe de acontecer?
   Evelyn Kreigh não é frágil e delicada, pelo contrário, é uma rainha forte e delicada, apesar dos golpes que a vida lhe deu. Ela cedeu tudo pelo contrato, inclusive o amor e a chance de ser feliz.
   Mas quando uma ameaça à paz é instaurada e ela se vê acusada de algo que não fez, a Rainha precisa correr contra o tempo para proteger seu império e sua filha Alyssa de uma batalha novamente contra Medroc.


Resenha: 

    Quando comecei a ler essa história não imaginava que ia gostar tanto. É raro eu ler histórias antigas, pois precisa ser uma ótima história com conteúdo que me cative, mostrando e firmando seu verdadeiro sentido. Ainda não terminei de ler essa história fascinante, mas já posso falar dela como ela é. É uma época onde existe grandes impérios em busca de poder, mas com muita batalha que tiveram entre si. Resolveram selar a paz com um casamento entre os Reinos. Com isso, há romances verdadeiros, mas que a única maneira é selando o casamento dos herdeiros. Entre amor verdadeiro e o sangue da família real. O que a herdeira de Ílac deve escolher? 









[RESENHA] Seja líder de si mesmo

Título: Seja líder de si mesmo

Autor: Augusto Cury
★★★★★

Gênero: Autoajuda

Editora: Sextante

Páginas: 127

ISBN: 85-7542-121-2








Sinopse:

Se compararmos a mente humana com o mais belo teatro, onde se encontra a maioria dos jovens e adultos? No palco, dirigindo a peça. ou na platéia, sendo espectador passivo dos seus conflitos, perdas e culpas? Onde você se encontra?

Ser ator principal no palco da vida não significa falhar ou não chorar. Significa refazer caminhos, reconhecer erros e aprender a gerenciar nossos pensamentos e emoções.

Neste livro, você vai descobrir as ferramentas necessárias para se tornar o autor da sua própria história e fazer da sua vida um grande espetáculo.

Saia da platéia! Entre no palco! Seja líder de si mesmo...



O Autor: (Informação do livro)

Augusto Cury é psiquiatra, cientista, pesquisador e escritor. Publicado em mais de 60 países, já vendeu, só no Brasil, 20 milhões de exemplares de seus 31 livros, sendo considerado o autor brasileiro mais lido na última década. Cury é criador da Teoria da Inteligência Multifocal - estudada em nível de mestrado e doutorado na área de psicologia e ciência da educação -, que trata também do complexo processo de construção de pensamentos dos papéis da memória e da formação do Eu. 


A Resenha:

Com uma leitura absurdamente rápida e dinâmica a obra tem como foco principal incentivar o leitor a tomar posse de si, controlar sua vida, definitivamente sair do palco e se tornar o ator principal, não o coadjuvante, figurante ou o contra-regra, mas sim o protagonista.

Tendo uma dinâmica simples e de fácil entendimento, o livro explica a partir de embasamento científico o que podemos fazer para subir no palco e determinar como cada ato será encenado ou adaptado devido ás circunstâncias dadas no período da sua vida em que você se encontra.

A obra te mostra que embora você tenha suas inseguranças, problemas, questionamentos ou seja lá o que for, existem diversas perspectivas em que você como ser humano pode se emponderar e a partir disso tomar as rédias da sua vida, mostra que nós podemos e conseguimos concluir projetos, conseguir a tão sonhada promoção, economizar dinheiro para viajar, etc. 

Ao final, o autor te proporciona formas de como enfrentar as adversidades da vida, do cotidiano, da sua história, também proporciona exercícios que você pode fazer para adquirir autoconhecimento, que pode te trazer novas perspectivas e constatações sobre o que você pode fazer para ser o dono de si e da sua própria história.


Por: Renan Santos

[RESENHA] O Compromisso

Titulo: O Compromisso 

Autor: Herta Müller

Editora: Folha de S. Paulo

Paginas: 178

Ano: 2016 (1997)

Gênero: Ficção Alemã

ISBN: 978-85-7949-283-9

★★★ +





Sinopse:


 “Eu fui convocada”, diz a narradora na primeira linha deste romance de Herta Müller – escritora de língua alemã nascida em 1953 na Romênia, de onde emigrou em 1987 para escapar do regime comunista e desenvolver, na Alemanha, uma obra que lhe valeu o prêmio Nobel de literatura de 2009. A convocação a que se refere a protagonista de O compromisso partiu da Securitate, temível polícia secreta do ditador Nicolae Ceausescu. E o delito que pesa sobre a personagem, que trabalhava numa fábrica de roupas, foi ter colocado bilhetes em ternos destinados à Itália, oferecendo-se em casamento para quem quisesse tirá-la do inferno totalitário. A essas experiências se somam memórias pessoais igualmente traumáticas: do primeiro marido que tentou matá-la, do atual companheiro mergulhado no alcoolismo, do assédio sexual sofrido no trabalho, do assassinato da amiga durante fuga, da família marcada por traições e perseguições. São fatos de que ela se recorda durante o trajeto de bonde que a levará a mais um depoimento ao serviço secreto, compondo uma colagem descontínua de reminiscências resgatadas da morte e do esquecimento pelo lirismo áspero de Herta Müller.” Manuel da Costa Pinto Crítico literário e colunista da Folha.

A Autora:


 “Herta Müller é uma escritora, poetisa e ensaísta alemã nascida na Romênia. Destaca-se pelos seus relatos acerca das duríssimas condições de vida na Romênia sob o regime político comunista de Nicolae Ceauşescu, vividas em sua juventude quando foi perseguida pelo governo ao recusar-se a colaborar com o serviço secreto. Como resultado, Hertha exilou-se na Alemanha, local onde construiu sua carreira literária (ela escreve em alemão). Foi casada com o escritor Richard Wagner. Em 2009, foi agraciada com o Nobel de Literatura por "com a densidade da sua poesia e a franqueza da sua prosa, retratar o universo dos desapossados".



O Livro:


  O livro, lançado originalmente na Alemanha em 1997, o título de “Heute wär ich mir lieber nicht begegnet”, que nos mostra a estória de uma jovem, que é convocada pela Polícia Secreta do governo Comunista da Romênia.

A Resenha:


O Compromisso, nos apresenta, de uma forma, completamente gostosa de se ler, o “terror” da vida na Romenia durante o período da ditadura comunista de Nicolau Ceausesco (que serviu de secretário geral do partido comunista de 1965 a 1989, sendo que de 1974 a diante foi o presidente da república socialista, até sua derrubada do poder em 1989 e seu fuzilamento e proibição do comunismo na Romênia).

 Sendo a protagonista uma jovem que é constantemente convocada com frequência para interrogatórios, sempre marcados para as 10 horas.

 O trajeto ao ponto do interrogatório leva em torno uma hora e meia, e neste ponto que se começa a questão, “O Compromisso”, interrogatório esse sempre com o mesmo homem, o Major Abul, suas convocações pela Securitate (Polícia Secreta Romena durante o período da ditadura comunista).

 A narrativa passa em sua maioria dentro do bonde, onde a protagonista vai se lembrando dos principais acontecimentos de sua vida, com questões amargas, e a esperança de uma vida realmente feliz.

 A protagonista, mora em um prédio que chama de “torre inclinada” onde vive no sétimo andar junto com o seu segundo marido, Paul.

 A protagonista que trabalhara em uma fábrica que produzia roupas e enviava para países ocidentais, ou livres do julgo vermelho, quando foi descoberto bilhetes no qual ela escrevia “case comigo” e mandava nome e endereço, mas o que piora a situação quando é plantado um bilhete que ela não escrevera com o dito “saudações da ditadura” e passou a ser considerada “traidora”.

 A protagonista ao desenvolver do livro, nos mostra uma vida, com ausência de inúmeros materiais e mostra uma vida acida, com qualidades básicas sobre a questão de vida, entre a presença de inúmeros temas realmente interessantes, desde avós da protagonistas que estiveram presos em campos de concentração durante a segunda guerra, desde questão de liberdade sexual, as questões de poder concentrado, (seu sogro de seu primeiro marido, era membro do partido comunista responsável pela expropriação de terras e propriedades, a tentativa de assassinato e perseguição.

 Tudo narrado em suas lembranças, na forma que vai comentando tudo no bonde em direção ao interrogatório onde sempre o Major Abul que é seu interrogador, a acusa de traidora, e de passar ao mundo que ela era uma “prostituta”, e o medo da protagonista, em sua necessidade de tentar sair viva, ou sem acusações mais agravantes.

 Uma curiosidade inusitada, é que o livro não apresenta divisões por capítulos, é tudo lançado de uma vez, e cabe ao leitor definir o ponto de parada e descanso, não por momentos pré-definidos, mas quando mais se interessar, o livro apesar de nos apresentar uma leitura muito interessante e que realmente nos prende nas vida da protagonista e seus medos diários e nas noites de insônia antes dos seus “compromissos” com o estado, a sua melhor amiga Lili (realmente queria falar desta personagem chave, mas qualquer detalhe sobre ela pode atrapalhar a leitura hehe).

 Interessante, o livro nos apresenta uma visão de infância da própria autora que fora obrigada a sair de seu país de origem e se refugiar na Alemanha

 Livro chave para quem gosta de leituras estilo George Orwell (de “1984”, “A Revolução dos Bichos” entre outros) que nos apresenta a vida em uma ditadura, seus medos e conceitos, a forma que a vida passa a ser mera questão de viver dia após dia e a esperança de ao acordar poder retornar para casa e uma excelente recomendação de uma autora que recebera o prêmio Nobel por suas críticas a ditadura comunista romena.

[RESENHA] O Mistério Final

Titulo: O Mistério Final 

Autores: Anna Lee & Carlos Heitor Cony

Editora: Nova Fronteira

Paginas: 128

Ano: 2018 (2007)

Gênero: Infanto Juvenil

ISBN: 978-85-209.3749-5

★★





Sinopse:


 "Este é um livro de despedida. Como o próprio título diz, é o final das aventuras de Carol e o homem do terno branco, pelo menos por enquanto. 
 Não sou boa de despedidas. Meu coração fica apertado e nunca sei o que dizer. É assim mesmo que me sinto agora, enquanto procuro palavras para falar do último episódio da série, sem revelar o que Cony e eu nos recusamos a contar para nossos leitores quando perguntam se nossos personagens acabam juntos. Não podemos e nem queremos tirar a graça do fim da história, e também não vou fazer isso aqui.
 Não posso dizer se Carol e o Homem do Terno Branco têm um final feliz, como nos livros e filmes em que um beijo na boca sela o destino dos protagonistas, indicando que, a partir dali, serão felizes para sempre. Mas posso dizer que 'O Mistério Final" é a hora da verdade entre os dois. A hora em que se olham fundo e não podem mais esconder seus mistérios, o que realmente são e o que sentem. E posso garantir que isso vale muito mais do que um final feliz. 
 Ah! Também posso dizer que neste encontro surge até um duende. Como assim? Bem, isso cada leitor vai ter que desvendar por conta própria. 
 - Anna Lee" 

Os Autores: (informação do livro) 


Anna Lee: É mineira, de Belo Horizonte, jornalista, escritora, roteirista e doutora em literatura pela PUC-Rio, com estágio doutora em Sorbonne Nouvelle Paris III. Escreveu vários livros, entre eles, O Beijo da Morte, ganhador do Prêmio Jabuti 2004 - Categoria Reportagem e Biografia que em breve ganhará nova edição, revista e atualizada. Trabalhou no jornal Folha de São Paulo e na Editora Globo, entre outros. Atualmente é roteirista na TV Globo. 

Carlos Heitor Cony: nasceu no Rio de Janeiro em 1926. Estreou na literatura ganhando por duas vezes o Prêmio Manuel Antônio de Almeida, com os romances A Verdade de Cada Dia e Tijolo de Segurança. Considerado um dos maiores expoentes do romance neorrealista brasileiro, também se dedicou à crônica, aos ensaios, às adaptações de clássicos e aos contos. Ganhou quatro vezes o Prêmio Jabuti, duas vezes o Prêmio Nacional Nestlé de Literatura. Em 1998, foi condecorado pelo governo francês com a L'Ordre des Arts et des Lettres. Foi eleito para a academia de Letras em março de 2000. Atualmente é colunista da Folha de S. Paulo e comentarista da rádio CBN. 
O Livro:

 O livro, "O Mistério Final" é o último livro da coleção " Carol e o Homem do Terno Branco", sendo a coleção completa contendo 5 livros, sendo respectivamente eles "O Mistério das Aranhas Verdes", "O Mistério da Coroa Imperial", "O Mistério das Joias Coloniais", "O Mistério da Moto de Cristal" e por último "O Mistério Final" sendo o objetivo desta resenha, o último livro. Sendo lançado originalmente em 2007, e agora com uma segunda edição em 2018 (onde ganhei de cortesia em um sorteio no skoob :P ).

A Resenha:


 O Mistério Final, mesmo sendo o último livro da coleção (foi o primeiro que eu li rs), mas no geral, não estragou em nada, pelo que senti, não houve em momento algum a falta da leitura dos primeiros para este, afinal, é tudo bem exemplificado, e mesmo com poucas palavras se tem noção de quem seja o “Homem do Terno Branco” e mesmo assim, a aparição dele é mínima, e com relativa pouca participação na estória.


 Assim começa a narrativa, Carolina, ou como chamada, Carol, mora na cidade do Rio de Janeiro, com sua mãe, é uma adolescente com 16 anos, ou melhor dizendo, como ela diz em vários momentos mesmo “quase 17” (coitada, mal sabe que essa época é uma das melhores rsrs).

 Tenta levar uma vida normal (mesmo resolvendo tantas questões de investigação e mistérios no qual acabou se envolvendo nas aventuras anteriores) estudando para o ENEM que está se aproximando, até que um dia ela recebe a ligação de uma senhora, que diz que seu neto está correndo perigo. E a partir deste ponto se desenrola a estória, onde também já é narrado o caso de dois desaparecimentos sendo que um dos jovens desaparecidos foi encontrado morto e despedaçado por feras.

 O livro se encaixa no contexto da literatura infanto-juvenil, a leitura foi de meu agrado? Não, não conseguiu me agradar, a forma que as passagens são descritas, muito mesmo a forma que a Carol atua, mas no geral o livro é ruim? Também não, pode agradar a muitas pessoas, é pura questão de gosto neste sentido da questão.

 Os mistérios do livro são na verdade meio vazios, sem sentido, tudo se desenrola de uma forma rápida, e até sem graça, com uma aventura, que na verdade não tem nada de aventura, apenas poucos passeios, e um grupo que na verdade não coloca medo, e a forma que usaram foi sem sentido para seu desenrolar na estória.

 O livro tem uma narrativa que pode se comparar aos livros de Pedro Bandeira, sendo a sua coleção principal, a dos Karas (que eu considero os melhores livros nesta categoria, sendo a “Droga da Obediência” o livro que me despertou o interesse pela leitura).

 No geral, não fui muito fã do livro, não agradou a leitura, mas como disse é questão de interesse mesmo, achei a ação fraca e sem sentido, sendo que esse livro eu ganhei em um sorteio cortesia no Skoob (depois de um ano tentando finalmente rsrs), tem um estilo próximo aos livros de Pedro Bandeira, mas não se tem comparação, com seu estilo mais frenético e desenrolar viciante de leitura.